Comunicados 09 JUN 2018 ÀS 09H30

Luto: falecimento do diácono Plínio Simões

Ele foi membro fundador da IB Novo Tempo

Por CBESP

É com muito pesar que a Convenção Batista do Estado de São Paulo comunica o falecimento do diácono Plínio Simões, conforme informação enviada pelo pastor Haroldo Tavares de Sá, ministro na Igreja Batista Novo Tempo (IBNT), no Parque Cruzeiro do Sul, zona leste da Capital. Pastor Haroldo escreveu texto em homenagem à vida do diácono (leia abaixo).

A Convenção Batista do Estado de São Paulo expressa os mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos e suplica ao Senhor que console e conforte a todos com Sua presença.

Um violino toca nos céus*

Neste último feriado de Corpus Christi, quinta-feira, 31 de maio, o nosso Senhor convocou para a orquestra celeste o diácono Plínio Simões, 82 anos, esposo da irmã Neiva Simões, pai de cinco filhos, avó de 10 netos. Batizado em 1º de julho de 1995, pelo pastor Onésimo Nunes de Lima, ele foi fundador de nossa igreja, a Igreja Batista Novo Tempo, em 1999.

Diácono Plínio foi fundador da IB Novo Tempo (IBNT)

Perto dos seus 60 anos, começava aprender a tocar o violino. Dizia a todos que tinha se encontrado com Jesus sendo atraído pela música. Logo entrou para a Orquestra Evangélica Unida de São Paulo e, no ano 2000, se tornou seu presidente.

Indicado e eleito para o diaconato, foi aprovado em concílio no dia 28 de outubro de 2006, ocupando a presidência do corpo diaconal em diversas gestões.

Em 2007, durante um projeto para estimular as virtudes e qualidades da igreja foi escolhido como “amigo, mais chegado que um irmão”, tornando-se guardião da virtude da amizade na igreja.

Sua vida era marcada e reconhecida pelo serviço desprendido, levava alimentos a moradores de rua e gostava de tocar os hinos tradicionais, que chamava de hinos celestes, com seu violino nas igrejas e hospitais, em oferta de amor ao Senhor que o atraiu pela música à maravilhosa graça.

*Por Haroldo Tavares de Sá
Pastor na Igreja Batista Novo Tempo