Batistas SP 15 JAN 2020 ÀS 08H40

UFMBESP destaca a força feminina para obra do Reino

Missões e ensino cristocêntrico são cerne da União

Por CBESP

Na última edição de 2019 da Revista Batistas SP (BSP), as mulheres enfatizaram a presença delas na atuação em prol do Reino de Deus e das atividades denominacionais. Os argumentos foram trazidos nas páginas especiais da publicação a propósito dos 115 anos da Convenção Batista do Estado de São Paulo (CBESP), celebrados no dia 16/12.

Outros textos da BSP17 já estão reproduzidos no site da CBESP, cuja reportagem principal abordou as inovações tecnológicas e seus impactos sobre o povo de Deus e sobre as igrejas locais. Já neste ano, o periódico bimestral traz para os meses janeiro-fevereiro questões profissionais e de empreendedorismo sob a ótica cristã.

A edição 18 da BSP está disponível para download

A BSP18 oferece em suas páginas a primeira reportagem da série sobre doação, dicas de livros para ler nas férias, textos especiais sobre os 50 anos da Rádio Trans Mundial, artigo do capelão do Ministério em Presídios sobre reinserção de ex-detentos no mercado de trabalho, escritos das organizações batistas ligadas à CBESP, e outros conteúdos.

A Batistas SP é a publicação oficial da CBESP. Para lê-las, clique aqui e tenha acesso gratuito a essa e a edições anteriores.

Contribuição das mulheres*

É fato que, em perspectiva mundial, a denominação batista sempre conta com a força e o potencial de ação evangelizadora das mulheres cristãs membros das igrejas locais. Aqui em São Paulo não poderia ser diferente.

Mulheres atuam muito em toda parte do mundo (Canva)

A União Feminina Missionária Batista do Estado de São Paulo (UFMBESP) trabalha por meio da CBESP visando o fortalecimento da obra cooperativa enquanto denominação. A UFMBESP atua de maneira intencional para equipar a liderança feminina das igrejas, contribuindo, assim, na formação da identidade cristã missionária das crianças, meninas pré-adolescentes e adolescentes, mulheres a partir dos 17 anos tenham vínculo com a nossa proposta educacional. Portanto, fomentar e viabilizar o envolvimento das mulheres no trabalho local, associacional e convencional, constitui-se uma das principais contribuições da União Feminina Missionária para com a denominação.

A essência do trabalho é criar oportunidade por meio de parceiras e participação ativa em ações discipuladoras, missionárias, evangelísticas... na esfera local, estadual, nacional e mundial.

O ensino cristocêntrico constitui-se no chamado para que os membros de nossas organizações missionárias assumam o compromisso de crescer na graça e no conhecimento do Senhor Jesus Cristo agindo intencionalmente em prol da expansão e da consolidação do Reino, que é a missão que nos une.

Mirian Vasconcelos Damasceno Barbosa
Diretora Executiva da UFMBESP

* Reproduzido a partir da Revista Batistas SP (Ano III / Edição 17).