Opinião 17 JAN 2020 ÀS 22H20

Formação de pregador e de líder está em dica para férias

2ª lista vai de Gênesis à entrega de mensagens bíblicas

Por Chico Junior

Segundo texto consecutivo para incentivar a leitura no período de pausa no trabalho e/ou nos estudos acadêmicos, a reportagem da Convenção Batista do Estado de São Paulo (CBESP) traz hoje (17) mais três sugestões de obras que somam às publicadas na edição janeiro-fevereiro da Revista Batistas SP também na seção "Para ler nas férias".

A iniciativa busca apresentar livros de caráter mais densos ou que demandam mais tempo e dedicação na hora de lê-los. Além disso, a pedida serve para oferecer títulos que enriqueçam algumas áreas do labor cristão. As recomendações deste texto miram a pregação, a hermenêutica e a formação de liderança. As obras são das editoras Vida Nova, Thomas Nelson, e Vida. 

Dupla de autores ajuda a entender Gênesis (Divulgação)

Estudioso renomado nas áreas de História e do Antigo Oriente Próximo, Tremper Longman III traz seu vasto conhecimento, acompanhado do professor especialista no campo veterotestamentário John Walton, para o título "O mundo perdido do dilúvio: teologia, mitologia e o debate sobre os dias que abalaram a terra". Longman é um dos organizadores de outra obra de peso, a Enciclopédia de Cristianismo e Ciência, também da Thomas Nelson Brasil.

O livro passa ainda pelo complexo episódio de Gn 6

Em "O mundo perdido do dilúvio" os autores se concentram nos onze primeiros capítulos das Escrituras. A análise está dividida em quatro partes, as quais agregam 17 sequências que ele enumera como "preposições" - método que conduz o leitor a revisão de posições, a compreensão de tensões e novos entendimentos a partir de descobertas recentes, e a enxergar a riqueza teológica do conteúdo.

O livro é bem didático e permite bom avanço - desde que haja atenção à leitura, que carrega um quê de apologética em suas 208 páginas. Os argumentos sobre a narrativa contemplam o próprio texto escriturístico, contos mitológicos paralelos, propósitos teleológicos do tema - Deus que julga, por exemplo -, questões geológicas, entre outros.

Por fim, o alvo de Logman e Walton com esta obra é engradecer ao Senhor. "O mundo perdido do dilúvio" está à venda nas melhores livrarias físicas e virtuais por R$ 39,90. 

Batista, Campanhã conhece jeito da igreja local (Divulgação)

Ministro batista de vasta experiência em treinamento para lideranças eclesiásticas, pastor Josué Campanhã traça roteiro com alto grau pedagógico na formação de líderes em "Simplesmente líder". O título é publicado pela Editora Vida e tem na capa a perspectiva que impulsiona os 28 capítulos - a ascendência sob o símbolo da cruz. 

Pontos altos estão no uso de Atos
como linha-mestra e no de check-lists

Os capítulos são curtos e bem programáticos, o que facilita a aplicação pessoal ou para grupos. A essência do assunto é o caráter do líder, forjado a partir da simplicidade, como produto gerado pelo Espírito Santo. Em diversos momentos as reflexões apresentadas pelo pastor Campanhã levam o leitor a cair de joelhos em súplica pelo moldar de Cristo.

A perspectiva de ser uma obra fundamentada na Bíblia é percebida ao abrir de cada capítulo, que tem como fonte básica a trajetória na igreja primeva conforme descrição feita em Atos dos Apóstolos. "Simplesmente líder: princípios e práticas milenares de liderança" é um guia na forja de servos e servas do Senhor a fim de serem como o Mestre para os campos brancos. O livro sai por R$ 46,90. 

Meyer adota tom pastoral quando necessário (Divulgação)

Valorizando a Palavra, "Teologia bíblica da pregação" é um manual contemporâneo escrito pelo professor do Southern Baptist Theological Seminary Jason Meyer para elaboração de mensagens contextualizadas e edificantes. Esse lançamento é trazido ao português pela Editora Vida Nova.

Obra se ocupa no caráter formativo do pregador
e, por vezes, traz encorajamento pastoral também

A construção do livro permite fazer a leitura quase que "avulsa" das cinco partes - obviamente com algumas perdas do compreensão no meio do caminho. No primeiro trecho, Meyer fundamenta a teologia do ministério da Palavra e dá as primeiras trilhas da proclamação. É nesse ponto em que o autor introduz aspectos mais pastorais para cooperar também na formação do pregador. O assunto é desenvolvido na segunda parte, naquilo que ele chama de "paradigma da administração da palavra" - algo que corresponde a um perfil do pregador ao longo da história da revelação, partindo da Criação até chegar aos atuais pastores. 

Já a partir da terceira parte até o final, os capítulos consideram a pregação expositiva e o suporte da teologia sistemática para ancorar a mensagem anunciada. Em suma, o livro visa capacitar pregadores para a pregação de fato da Palavra de Deus, por isso, os conceitos vão exigir idas e vindas. Nesse ponto, a bibliografia transborda para novos rumos - com destaque à tradução que se preocupou em sinalizar as obras já presentes no mercado brasileiro. "Teologia bíblica da pregação" custa R$ 75,90.