Opinião 30 SET 2019 ÀS 20H05

Emoções e teologia natural aparecem em lançamentos

Estudiosos ajudam a entender e a enfrentar a vida

Por CBESP

Os títulos deste texto de hoje (30) são amparos para a sinuosidade da jornada da vida, quer seja como suporte para a compreensão da complexidade dos fenômenos particulares ou coletivos, quer para a abrangência da imensidade de Deus - e também servir de ferramenta na evangelização. As obras percorrem da inocência da juventude feminina, passando pelas ameaças à fé, aproximação em contemplação e busca pelo entendimento das manifestações de temperamentos. Essas são os convites ao saber feitos pelas editoras Vozes, Vida, Vida Nova e Mundo Cristão.

Títulos falam a meninas e a pessoas em sofrimento (Divulgação)

"A Bíblia da Garota de Fé" é uma proposta da Mundo Cristão para atender especificamente ao público feminino na faixa da pré e da adolescência. A edição foi pensada nelas e ressalta, portanto, versículos, narrativas e questões ligadas das meninas. As fãs de testes vão aprovar as páginas que oferecem essa opção interativa e com o objetivo de ampliar o conhecimento bíblico.

Ela propõe também a interação interpessoal com troca de pensamentos e sentimentos entre amigas. Um ponto forte para promover a comunhão. Bem colorida e com bastante destaques em tom róseo, "A Bíblia da Garota de Fé" traz outras opções de capa com o texto sagrado da Nova Versão Transformadora (NVT). O preço sugerido é de R$ 129,90.

Pela Editora Vida, "Esperança na escuridão" é uma jornada pela batalha interior de manter a fé viva e sólida durante momentos penosos e de tragédias pessoais e/ou familiares. O título é escrito pelo pastor Craig Groeschel, ministro na Life.Church (EUA) e desenvolvedor do aplicativo bíblico YouVersion. Ele também será um dos palestrantes no Global Leadership Summit, evento mundial de capacitação de lideranças. No livro, pastor Craig se oferece como um conselheiro e amigo espiritual em trajetórias dolorosas. "Esperança na escuridão" tem 176 páginas e custa R$ 32,90.

Obras trazem leituras da humanidade e de Deus (Divulgação)

Com seu conhecido peso teológico, Alister McGrath é autor de "Teologia natural: uma nova abordagem", publicado pela Vida Nova. O autor irlandês se lança nesse título no desafio de propor uma abordagem cristã à temática, cuja perspectiva, via de regra, recebe certo distanciamento por aparente ares de desvio do cerne da revelação escriturística.

Desta forma, a proposta de McGrath é, assim, combater esse estigma marginalizante e partir para uma leitura de recuperação do conceito à luz da revelação especial da Bíblia e da encarnação de Cristo. O professor traz elementos significativos nessa aproximação teológica, como a existência da estética, da bondade, e da teodiceia, ramo da teologia cuja busca é por defender a existência de Deus e de Sua bondade em resposta à presença do mal no mundo. "Teologia natural: uma nova abordagem" é um leitura obrigatória para professores (da igreja ou de educação teológica), pastores, seminaristas e interessados em desenvolver a percepção de Deus a partir dos céus e terra que o revela, conforme afirma a Bíblia Sagrada (Salmo 19). Custa R$ 79,90 e tem 368 páginas.

Por fim, compreender as emoções humanas e apresentar uma análise da participação corporal, da fala e das práticas culturais foi a tarefa a que se debruçou o sociólogo e antropólogo David Le Breton em "Antropologia das Emoções". O estudioso aponta que emoções e sentimentos são relações da manifestação do indivíduo, e, daí, apresentam-se como "rituais" devidamente organizados. Ao pensar, o ser humano se expressa pela linguagem e o corpo é um dos meios para isso, argumenta o pesquisador e professor francês.

A obra foi publicada pela Editora Vozes neste ano e traz em suas 360 páginas o desenvolvimento do corpo no ambiente social e sua comunicação com o outro - corpo e pessoa. O livro é um auxílio para o entendimento das manifestações corpóreas humanas, tanto como arte quanto sensações, sentimentos e emoções - inclusive nas próprias experiências pessoais, religiosas e cúlticas. "Antropologia das Emoções" custa R$ 85.