Batistas SP 22 JAN 2020 ÀS 10H05

Esposas cuidam e treinam mulheres para atuar e servir

UEPBESP fala de ação em prol da OPBB-SP e CBESP

Por CBESP

Enriquecedora atuação entre as mulheres casadas com ministros batistas, a União de Esposa de Pastores Batistas do Estado de São Paulo (UEPBESP) fechou o ano passado falando da participação da organização na formação das colegas a fim de melhor apoiarem seus maridos. Para cumprir com esse objetivo, a UEPBESP realiza de 29 a 31 de maio seu 46º Retiro. O evento acontece na Estância Palavra da Vida, em Atibaia, interior paulista, e a inscrição sai por R$ 490.

O texto da União integrou a última edição de 2019 da Revista Batistas SP (BSP) na seção especial que tratou dos 115 anos da Convenção Batista do Estado de São Paulo (CBESP), celebrados no dia 16/12. Outros conteúdos da BSP17 já foram reproduzidos no site da CBESP, cuja reportagem principal abordou as inovações tecnológicas e seus impactos sobre o povo de Deus e sobre as igrejas locais. Já neste ano, o periódico bimestral traz para os meses janeiro-fevereiro questões profissionais e de empreendedorismo sob a ótica cristã.

A edição 18 da BSP está disponível para download

A BSP18 oferece em suas páginas a primeira reportagem da série sobre doação, dicas de livros para ler nas férias, textos especiais sobre os 50 anos da Rádio Trans Mundial, artigo do capelão do Ministério em Presídios sobre reinserção de ex-detentos no mercado de trabalho, escritos das organizações batistas ligadas à CBESP, e outros conteúdos. A Batistas SP é a publicação oficial da CBESP. Para lê-las, clique aqui e tenha acesso gratuito a essa e a edições anteriores.

Preparo para atuar e servir*

A União de Esposa de Pastores Batistas do Estado de São Paulo (UEPBESP), há 48 anos, vem realizando um trabalho não só de promoção fraternal, como também de aparelhamento, aconselhamento e socorro entre aquelas que se aproximam do grupo. Objetivamos que mais mulheres possam se juntar a nós para expandirmos por todos os recantos do Estado esse suporte.

União treina esposa para atuar ao lado do pastor (Canva)

O ministério exige de nós uma responsabilidade e comportamento que muitas não foram preparadas para vivenciar, haja vista o fato de que temos faculdades teológicas e treinamentos para pastores, mas as mulheres não recebem formação nem informação de como "ser esposa de pastor". Enquanto umas são felizes, outras entram em depressão, resistem ao ministério, buscam no ostracismo ou no conformismo uma forma de sobreviver.

A UEPBESP vem, então, para mostrar o quanto é preciso e honroso ser esposa de pastor. Nossos encontros tratam de assuntos que nos dão uma visão da graça de Deus sobre nós, que, enquanto esposas, somos também mulheres, mães, profissionais e servas do Senhor. Esse é nosso intuito ao fornecer para as esposas, ferramentas de bem servir e bem viver, mostrando que o ministério, mesmo com um lado um tanto difícil, pode ser vivido de forma muito feliz, produtivo para a glória de Deus, reconhecendo a missão do marido e a sua submissão em ajudá-lo a cumpri-la. Assim servimos à OPBB-SP e à CBESP, pois, se estamos felizes e conscientes da nossa missão, servimos mais e melhor ao Reino e à denominação.

Rita Odwyer Andrade
Presidente da UEPBESP

* Reproduzido a partir da Revista Batistas SP (Ano III / Edição 17).