Batistas SP 02 DEZ 2019 ÀS 15H30

CBESP entra no mês de celebração dos 115 anos

BSP17 trouxe sequência de textos sobre aniversário

Por CBESP

A edição novembro-dezembro da Revista Batistas SP (BSP) trouxe uma série de textos das organizações batistas estaduais a respeito dos 115 anos da Convenção Batista do Estado de São Paulo (CBESP). A data de comemoração é celebrada no dia 16.

Nas páginas da BSP17, o destaque foi o valor histórico da convenção estadual e de seu trabalho para os batistas e para a denominação como um todo. Abaixo está reproduzido o conteúdo que abre essa sequência de artigos. Veículo oficial da CBESP, a BSP é distribuída gratuitamente em exemplares impressos e digitais. Acesse as edições aqui ou pelo aplicativo CBESP

Um histórico de comunhão*

Dezembro abriga uma das datas mais importantes para o calendário denominacional no estado paulista. No dia 16 do último mês deste ano, a Convenção Batista do Estado de São Paulo (CBESP) celebra 115 anos de fundação e de história. A data revela a tradição e o empenho do povo batista através das igrejas no avançar das décadas no trabalho em prol do Evangelho de Cristo. "A palavra batista nos sai do período apostólico como significação rica, autorizada, permanente no cristianismo puro", escreveu W. C. Taylor sobre o que significa ser batista. 

União é marca denominacional (Chico Junior/Arquivo CBESP)

Pastor e estudioso, Israel Belo de Azevedo ressaltou em seu livro "A Celebração do Indivíduo" o destaque ao "lugar dos batistas no pensamento cristão em geral e no protestante em particular, tanto em termos de produção de reflexões quanto no plano da sua contribuição para a expansão das ideias cristãs". Nessa obra, o autor fala da formação do pensamento batista no País. 

Essa fé viva e sólida coopera na realimentação e edificação dos membros das igrejas e na missão de cada uma delas e de cada ministério dos crentes batistas. Como enfatiza outro título a valorizar a denominação. Escrito pelo pastor Julio Oliveira Sanches, "Ortodoxia Batista" cita que "no íntimo da consciência prevalece a convicção de que compensa uma posição firme", e esta, é e está fundamentada nos princípios e nas doutrinas denominacionais. 

Nas páginas da Batistas SP, as organizações batistas ligadas à CBESP trazem notas de congratulações e acrescentam também a participação que vêm desempenhando para “honrar essa bela história e ampliá-la, para a honra do nosso Deus”, nas palavras do pastor Ebenézer Soares Ferreira na obra “Manual da Igreja e do Obreiro” acerca da história dos batistas no Brasil.

Liderada pelo pastor Genilson Vaz (à esq.), diretoria atual foi eleita na 111ª Assembleia, realizada em julho em Bauru (Renato Osis/CBESP)

* Reproduzido a partir da Revista Batistas SP (Ano III / Edição 17).