Opinião 20 MAI 2017 ÀS 10H37

Equilíbrio e inteligência na gestão financeira

Pontos bíblicos e econômicos para lidar com dinheiro

Por Cleverson Pereira do Valle

Estava ouvindo a palestra de Ebenézer Bittencourt, do Instituto Haggai, sobre "Inteligência financeira para vencer na vida", e quero compartilhar algumas lições aprendidas.

Ao citar Provérbios 24.3 e 4, ele fala do tripé do sucesso: Inteligência, Conhecimento e Sabedoria. A inteligência é a capacidade do homem de pensar, conhecimento são seus estudos, e sabedoria é a aplicação de tudo.

Muitos são escravos do dinheiro porque não têm usado com discernimento esse tripé do sucesso. Observe o que o texto diz: "Com a sabedoria se edifica a casa, e com o entendimento ela se estabelece; e pelo conhecimento se encherão as câmaras de todas as riquezas preciosas e deleitáveis."

Equilíbrio financeiro é fundamentado no domínio próprio, na inteligência, no conhecimento e na sabedoria (Divulgação)

Se você percebe que não está conseguindo equilibrar suas finanças, é necessário tomar atitudes práticas, por exemplo:

Cortar gastos;

2º Tomar cuidado com compras a prazo;

3º Tomar cuidado no uso de cartões de crédito;

4º Evitar usar o crédito pessoal;

5º Faça um orçamento mensal doméstico.

A Bíblia não condena o dinheiro, o que é condenável é o amor por ele

Podemos usufruir bem dos recursos que Deus nos dá. Precisamos aprender a ganhar, guardar, gastar e a doar. Ebenézer Bittencourt diz que finanças dependem da vida espiritual, é necessário ter domínio próprio, não gastar mais do que ganha e cuidado com o consumismo. Precisamos usar bom senso na gestão das finanças.

Que Deus abençoe sua vida e que sua vida financeira seja equilibrada, usemos a nossa inteligência e sejamos bons mordomos dos recursos que Deus nos dá.

Cleverson Pereira do Valle

Pastor da Igreja Batista em Vila Natal, Mogi das Cruzes (SP)

Bacharel em Teologia e pós-graduado em Aconselhamento Bíblico

Publicidade Bloco Artigos - Lar Batista