Missões 06 ABR 2017 ÀS 11H52

Diretor executivo entrevista cantor Fernandinho

Músico conversou com CBESP e falou sobre Missões

Por Chico Junior
Bate-papo com Fernandinho abordou vocação missionária
Bate-papo com Fernandinho abordou vocação missionária

No primeiro dos três dias da viagem missionária às cidades do Vale do Paraíba, o diretor executivo da CBESP, pastor Adilson Santos, entrevistou o cantor Fernandinho. A conversa foi logo após o show beneficente em São José dos Campos (SJC). Mesma cidade onde está o hospital infantil do Grupo de Apoio a Criança com Câncer (GACC), que recebeu caixas de livros devocionais.

Depois da apresentação, o cantor conversou com o pastor Adilson e contou sobre sua ligação com essa iniciativa. Fernandinho perdeu a irmã há cinco anos com câncer no pâncreas. Ele falou ainda sobre sua paixão por missões e que vem orando para que “a urgência de acolher o aflito venha à tona na Igreja”.

“Maravilhoso contribuir fazendo pouco.” (Fernandinho)

Crianças atendidas pelo GACC tiram fotos com cantor

Mulher de Fernandinho, a cantora Paula Santos também foi entrevistada. Com passagem pela liderança da juventude batista no Rio de Janeiro (Juberj), ela disse que deseja ver se “levantar uma geração [de jovens] que ame ao Senhor acima de todas as coisas”. Ambos destacaram que querem se “gastar pelo Reino” e verem surgir “pessoas que abrem mão do bem-estar para servir” a Deus.

Fernandinho ainda tirou fotos com alguns pequenos fãs atendidos pelo GACC. O show fez parte da campanha #todospeloGACC e contou com o apoio solidário do cantor. A apresentação arrecadou recursos para pagar a cirurgia de João Victor, de 10 anos, realizada mais cedo na própria quarta, 29. O menino teria uma das pernas amputadas se não houvesse intervenção especializada. 

Show ajudou a pagar cirurgia e salvar perna de menino

Entre as mais de 3.000 pessoas presentes na Igreja da Cidade, em SJC, na apresentação estava o conferente de logística Victor Hugo Fumes Teixeira Tavares (24), com a mulher, Caroline, e o filho Pietro, de quatro meses. Victor elogiou a mobilização da banda, do cantor e da igreja pela iniciativa. “A bondade do coração deles é algo que vem de Deus mesmo”, afirmou. 

A inspetora de alunos Eliana Emboava estava também com toda a família, que incluía filho, nora e netos, disse ter sido “maravilhoso o show”. Ela contou que ficou feliz também por mais uma “oportunidade de participar da ajuda ao GACC”.

Apresentação levantou fundos para operação feita no hospital infantil de São José dos Campos (Fotos: Chico Junior)
Publicidade Bloco Artigos - Lar Batista