Missões 07 MAR 2017 ÀS 11H00

Toca do Estudante conecta universitários a crianças

Voluntários fizeram jogos e reformaram espaço

Por Ricardo Régener
Zé Libério e equipe de 27 voluntários da Toca
Zé Libério e equipe de 27 voluntários da Toca

“Nosso objetivo é ver crianças e adolescentes desse abrigo indo para a faculdade e tomando um rumo na vida”, confessa o pastor e missionário José Libério - ou só “Zé Libério”, como ele prefere - enquanto fiscaliza o andamento das brincadeiras e atividades educativas com as crianças, na tarde ensolarada e barulhenta do Lar Batista de Mogi das Cruzes.

Sob a liderança do Zé e da Juliane, 27 voluntários entre estudantes universitários e profissionais, passaram o Carnaval de 2017 inteiro trabalhando no Lar Batista de Crianças de Mogi das Cruzes. Foi a 13ª edição do PROVOCAR, o Projeto Voluntário de Carnaval, a 8ª edição seguida no mesmo local. 

É uma iniciativa da Organização Toca do Estudante que tem o objetivo de colocar estudantes universitários e jovens profissionais a serviço de crianças abrigadas e conectá-los com realidades por vezes distantes das salas de aula das universidades. “É um projeto de curto prazo, mas temos o compromisso de voltar aqui todo o ano e darmos uma contribuição de longo prazo.”

As crianças tiram uma lição e aprender um valor importante

Jovens fizeram reforma da biblioteca

A Toca do Estudante levou para o Lar Batista uma grande quantidade de brinquedos e materiais didáticos que são fruto de ofertas de irmãos do Brasil e do exterior, e que há diversos anos fazem do “Provocar” um momento inesquecível para as crianças. 

Durante três dias elas puderam passar a tarde brincando com jogos educativos de videogame, fazendo jogos cooperativos na quadra, jogando basquete, lendo livros e montando quebra-cabeças, colorindo e até pulando numa cama elástica. De cada brincadeira as crianças tiram uma lição e aprender um valor importante. Além disso, uma parte da equipe reformou uma sala de leitura do abrigo. 

Nesses últimos oito anos no Lar Batista de Mogi das Cruzes, muitas histórias bonitas passaram pelo PROVOCAR, tanto de universitários como das crianças abrigadas. “Uma das meninas se esforçou muito e foi pra faculdade depois de fazer amizade com a gente, e é isso que nos move a continuar vindo todo ano”, conta o Zé, “no entanto, são os universitários que no final aprendem mais e ampliam sua visão do mundo e de Reino”.

A Organização Toca do Estudante também promove periodicamente outros projetos no Brasil e em outros países que admitem voluntários. Para saber mais, acesse o site ou siga a Toca.

Publicidade Bloco Artigos - Lar Batista