Igrejas 14 DEZ 2016 ÀS 18H40

Igrejas que Realizam

IB Paulistana: uma igreja missional, discipuladora e relacional.

Por Myrian Rosário
IB Paulistana: uma igreja missional, discipuladora e relacional
Todos os membros e congregados presentes ao culto de celebração dos 88 anos da IB Paulistana.

Discipulado relacional, espiritualidade sadia, relevância social, testemunho global e comunicação eficaz são os princípios norteadores da Igreja Batista Paulistana, liderada pelo Pr. Alex Uemura, desde 14 de dezembro de 2013.

Com 88 anos de organização - 08 de julho de 1928, a IB Paulistana tem como igrejas filhas a Igreja Batista de Água Branca, Igreja Batista em Praça da Árvore, Igreja Batista do Cambuci e PIB de São José dos Campos. Também deu início a outras congregações e missões diversas no Estado de São Paulo. Durante esses anos, a IB Paulistana inspirou o surgimento de novos ministérios para eclesiásticos relacionados a Missões e Música, tendo como seus membros irmãos de importância no cenário da música crista e na educação teológica, contando também com liderança dedicada de homens excelentes e de proeminência denominacional, sempre com forte púlpito e qualidade de ensino da Palavra, como Pr. Emílio Kerr, Pr. Raphael Gióia Martins, Pr. Ricardo Maiorga, Pr. Juvenal Ricardo Mayer, Pr. César Thomé (por quase quatro décadas), Pr. Jackson Rondini e Pr. Irland Pereira de Azevedo (interino).

"Atualmente vivemos o desafio da capacitação de novas lideranças, e, sobretudo, diante do histórico da igreja, estamos engajados na consolidação de novos valores, que representem uma comunidade relevante socialmente, embasada em relacionamentos e focada na Grande Comissão", conta o Pr. Alex.

Uma igreja ativa no centro

A IB Paulistana realiza ações contínuas de evangelização e relevância social no seu bairro e arredores, e tem desenvolvido projetos específicos para o aperfeiçoamento dessas ações, conforme seus macro-objetivos do planejamento estratégico organizacional. "Enfatizamos a prática de reuniões em pequenos grupos multiplicadores nos lares e buscamos uma evangelização relacional e não meramente eventual. Atuamos com projetos de reestruturação social, que não sejam apenas assistenciais. Além disso, atendemos semanalmente famílias da região em nosso Ministério Infantil, durante os cultos matutinos e durante a Escola Bíblica Discipuladora", lembra o líder da IBP.

Com ações de relevância social, a igreja iniciou um projeto de atendimento psicoterapêutico para a população local, além de atendimentos de podologia acessível. Há também uma escola de música para membros e não membros e um projeto de musicalização infantil; visitas regulares a abrigos infantis da região, para cultivo de relacionamentos discipuladores com crianças e adolescentes abrigados.

Semanalmente, são realizadas atividades de ginástica laboral focadas na população idosa, em um hospital da região, e visitas mensais a hospitais dos arredores, levando cânticos para conforto e evangelização de pacientes, funcionários e acompanhantes, em parceria com a Associação Evangélica de Capelania Hospitalar de São Paulo.

Todas essas ações são focadas em enfatizar a relevância da igreja na comunidade, tal como no fortalecimento e atendimento da membresia. Como resultado, pode se notar um maior engajamento de membros em atividades pautadas pela Missão, despertamento de voluntariado, acolhimento de novos membros e alcance evangelístico da população local.

Fazendo amigos e evangelizando

Na Igreja Batista Paulistana valoriza-se uma evangelização relacional, que é desenvolvida no dia a dia dos membros, em seus ambientes profissionais, acadêmicos, familiares e de lazer. "Essa evangelização relacional ocorre por meio de relacionamentos intencionais com não cristãos, motivados pelo cumprimento da Grande Comissão. Entendemos que o discipulado vai além do ensino cognitivo limitado a um dia da semana ou dentro do ambiente eclesiástico, mas se estende para um relacionamento sincero e compromissado de indivíduos com indivíduos, em qualquer ambiente e durante toda a semana", explica o Pr. Uemura. Esses relacionamentos discipuladores são potencializados nos Pequenos Grupos Multiplicadores, que se reúnem semanalmente nas casas para adoração e cumprimento da Grande Comissão. Apesar de priorizar a evangelização relacional, a IBP realiza viagens de impacto evangelístico a campos, com parcerias missionárias, seja no Estado de São Paulo, em outros Estados do Brasil e em outros países. Como evento fixo de evangelização, a igreja promove cantatas de Natal, que ocorrem no salão de cultos, e a cantata de Páscoa, que chegou a se apresentar nas ruas dos bairros da região para evangelização da população.

Publicidade Bloco Artigos - Lar Batista