Igrejas 14 MAR 2017 ÀS 15H41

Novas regras para emissão de boletos bancários

Igrejas devem atentar às suas congregações

Por CBESP
Todo título bancário agora precisa ter CNPJ do sacado (Divulgação)

Conforme norma dos órgãos financeiros do país, a CBESP vem atualizando o cadastro de todas as igrejas e congregações para emissão de boletos desde o início do ano. Para o caso de congregações sem CNPJ, é essencial que a igreja-mãe vincule seu cadastro às comunidades-filha ou a congregação diga à Convenção quem é a igreja-mãe.

Isso porque segundo regra do Banco Central e da Febraban (entidades ligadas às instituições financeiras no Brasil), todo boleto só poderá ser emitido com as informações do sacado, incluindo o CNPJ, no caso de pessoa jurídica. Igrejas e congregações também precisam se adaptar a essa nova exigência.

A atualização é necessária para emissão de boletos do Plano Cooperativo, do PAM e da oferta especial

“Contamos com a sua cooperação para que informe, o mais breve o possível, os dados de sua igreja ou congregação diretamente no site da CBESP”, disse o pr. Adilson Santos, diretor executivo do CAM-CBESP. Caso precise de mais informações, ligue para o escritório da Convenção (3866-6710).

Cooperação é a base do relacionamento da CBESP com as igrejas batistas do estado de São Paulo. E, nesse momento, a cooperação de cada uma delas é de fundamental importância para o cumprimento das exigências fiscais do nosso país.

 

(Com texto de Danielle Lira Bigarani publicado na Revista Batistas SP de março/2017)

Publicidade Bloco Artigos - Lar Batista