Organizações 30 NOV 2018 ÀS 16H18

Mentores do Projeto Josué passam por 2º treinamento

Encontro aconteceu nesta sexta (30) na Teológica

Por Chico Junior

A Convenção Batista do Estado de São Paulo (CBESP) realizou hoje (30) o 2º Encontro de Treinamento da Mentoria do Projeto Josué. A atividade faz parte do Programa de Mentoreamento do JOSUÉ e serve para ampliar a capacitação do grupo de ministros que são responsáveis pelo acompanhar os pastores indicados e adotados no projeto.

Palestras foram dos pastores Marco Azevedo e Abner Morilha

Realizado na Faculdade Teológica Batista de São Paulo, a programação contou com palestras do pastor Marco Azevedo, ministro emérito da Primeira Igreja Batista no Jardim Zaíra, localizada no município de Mauá. Há mais de 30 anos no ministério pastoral, pastor Marco fez preleção para um grupo de 20 dos 29 ministros que integram a equipe de mentores.

'Mentoria não é técnica de cuidar de pastores.
É ministério de levar a bênção de Deus a colegas.'
Pastor Marco Azevedo

Em sua exposição sobre "Crises no Ministério Pastoral", ele enfatizou que o fundamento a "motivar alguém que se dispõe a mentorear pastores é o amor". Destacou ainda a necessidade de valores como humildade, a busca por relacionamento de comunhão, e o desenvolvimento de "horizontalidade" no tratamento entre mentor e mentoreado. No final da preleção, pastor Marco Azevedo conduziu um momento de oração com todos os participantes de joelhos.

Na sequência, o encontro teve a preleção do pastor Abner Morilha. Psicólogo e professor da Teológica, ele é coordenador de conteúdo do Programa de Mentoreamento do JOSUÉ. Ministro de família na Primeira Igreja Batista de Santo André, pastor Abner ressaltou aos integrantes da equipe de mentores que cada um deles é o próprio "instrumento de aconselhamento" para os colegas de ministério. "Meu atendimento vai ser permeado pelo meu estado emocional", declarou. 

Equipe de pastores ouviu exposições durante toda a sexta

Especialista na área de aconselhamento, ele orientou os mentores a reconhecer casos mais complexos que exijam atenção profissional. "Se você não der conta, busque ajuda", recomendou. Na segunda (26), pastor Abner fez preleção no encontro da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil (OPBB-SP) no simpósio sobre suicídio no ambiente pastoral em São Paulo, realizado na Igreja Batista Boas Novas, no bairro de Vila Zelina.

Entre os participantes do treinamento com mentores, o pastor Silvestre Alves da Silva Junior, titular da Primeira Igreja Batista de Franco da Rocha - uma das adotantes do projeto -, comentou que o encontro foi de grande aproveitamento. "Um dia de aprendizado com profundidade, como disse Bertold Brecht, 'criar um estado de coisas que liberte a todos'. Parabéns a CBESP. Parabéns, pastor Adilson (Santos, diretor executivo do CAM-CBESP). A Convenção, enfim, resgata seu verdadeiro papel", afirmou. 

Para o pastor Elieser João Quesseda, ministro na Igreja Batista de Água Fria, o treinamento de mentoria tem sido enriquecedor. "Penso que todos os pastores deveriam passar por esse treinamento na capacitação sobre aconselhamento pastoral."

O Projeto Josué possui quatro frentes. A primeira delas aborda capacitação e auxílio no sustento ministerial para pastores de igrejas pequenas. A 2ª fase da proposta prevê revitalização das ações missionárias já realizadas pelo território paulista. Já a 3ª frente levar treinamento específico para cada macrorregião atendida pela CBESP. E, por fim, a 4ª fase visa a chegar com o Evangelho a cidades ainda sem presença batista.