Igrejas 11 ABR 2018 ÀS 13H41

PIB Peruíbe e PIB Assis são novas adotantes do JOSUÉ

Igrejas celebram por colaborar com projeto no Estado

Por Chico Junior
À esquerda do presidente da CBESP, pastor Emanuel (PIB Mauá) conversou com Diretoria e entregou minuta de adesão ao projeto assinada

Mais igrejas manifestaram recentemente apoio e adesão ao Projeto Josué, iniciativa liderada pela Convenção Batista do Estado de São Paulo que contempla quatro frentes de atuação pelo estado paulista (veja informações mais abaixo). Elas se juntam a outras igrejas locais que já adotaram a proposta da CBESP.

Integrante da associação do Vale do Ribeira (Aibavar), a Primeira Igreja Batista de Peruíbe aderiu com votação unânime em assembleia local, realizada no final de março. A PIB Peruíbe é liderada pelo pastor Edmilson de Morais Lara, mobilizador estratégico da CBESP na região de Registro.

Alegria - Pastor ficou feliz por adesão (Fotos: Chico Junior)

"Estamos felizes em apoiar o Projeto Josué, porque entendemos a seriedade como está sendo apresentando às igrejas batistas do estado de São Paulo, visando a expansão do trabalho batista, bem como a preocupação da CBESP com as pequenas igrejas e a capacitação que será oferecido aos pastores. Vejo pela fé um novo momento histórico no desenvolvimento da obra batista em nosso Estado. E a igreja local precisa abraçar este projeto, porque somente através da cooperação podemos avançar mais e com mais rapidez e resultados", declarou o pastor Edmilson.

A adesão à proposta também vem sendo feita por pessoas físicas, como pastores e membros, caso de alguns irmãos da Primeira Igreja Batista de Assis - tanto a igreja quanto dois membros adotaram o projeto.

A participação nessa iniciativa já foi abraçada por diversas outras igrejas, como Vila Gerte, Brás, e ainda Mauá, e Franco da Rocha, todas localizadas na Região Metropolitana de São Paulo. Fora da Grande São Paulo, a associação do litoral paulista (Aibalp) uniu o diálogo entre as 56 igrejas e fechou apoio ao projeto. Segundo a liderança da Aibalp, a meta é ter todas as igrejas locais como adotantes.

Em nova data, o módulo inicial do Projeto Josué será entre os dias 5 e 7 de junho, em Sumaré

Titular da PIB Mauá, pastor Emanuel Batista Uchôa esteve pessoalmente na sede da CBESP para entregar a minuta de adoção da igreja. "Os batistas vão se tornar novamente uma grande potência missionária no Estado, porque, igrejas que são fortalecidas se tornam missionárias", afirmou pastor Emanuel na ocasião.

Visitas - Pr. Adilson falou do projeto na PIB Assis (Facebook)

A Diretoria da Convenção vem atuando para difusão e promoção do Projeto Josué. Presidente da CBESP, pastor Manoel Ramires fez convocação aos batistas e às igrejas paulistas para que adotem o projeto (veja vídeo no canal da CBESP no YouTube). Já o diretor executivo do CAM-CBESP, pastor Adilson Santos, vem fazendo visita a pastores, igrejas, e associações para divulgar e explicar detalhes sobre essa ação da CBESP. Nesta semana, pastor Adilson foi entrevistado pela Rádio Trans Mundial para falar sobre o projeto

Em razão de ajustes, o primeiro módulo do projeto recebeu nova data. O encontro inicial foi deslocado para a primeira semana de junho.

Saiba mais

O Projeto Josué é composto de quatro frentes:

- A 1ª fase aborda capacitação e auxílio no sustento ministerial para pastores de igrejas pequenas.
- A 2ª fase prevê revitalização das ações missionárias já realizadas pelo território paulista.
- A 3ª fase levar treinamento específico para cada macrorregião atendida pela CBESP.
- A 4ª fase visa a chegar com o Evangelho a cidades ainda sem presença batista.

Publicidade Bloco Artigos - Lar Batista